Poema antigo

Bom-dia/boa-tarde/boa-noite!

Bom, eu disse que estava vendo posts antigos junto com a Mariane, né? Pois bem, remexendo eu acabei de achar um poema antigo meu, no ano passado, depois que eu fui no zoológico. Na verdade, eu fiz esse poema na seguinte data:

30 de julho de 2010

Sabe que dia é hoje?

30 de julho de 2011

Ou seja… Esse poema está completando um ano! o/

Legal, né? Por isso, aqui está o poema:

Você fugiu de mim
E eu fiquei bem triste
Por que você fez isso?
Por que…?

Um dia estava lá
Dizendo que
Nunca iria
Me abandonar…

Mas um dia
Você sumiu
Mas deixou
Um bilhete:

“Meu amor,
Não dá mais.
Adeus!”

É claro que, hoje em dia, eu deixaria isso daí mais completo, com mais drama e talz. Eu até faria agora, mas é 00:27, então eu não tô muito inspirada. Na verdade, quando eu acordar e for postar, tipo, as 11 ou por aí, eu vou tentar postar alguma mini-continuação pro poema =D

Beijos!

Resenha: A bruxa e o caldeirão

Olá, olá, pessoas!

Bom, eu estava lendo minha Atrevidinha do mês, número 88, quando me deparei, na seção Click, vi que os sites desse mês eram com livros para baixar, grátis, rápidos e autorizados! 🙂 O que me interessou foi o Domínio Público, que é do governo e só tem clássicos! Mas também tem infantis, e muuito fáceis de ler 🙂

E eu acabei de ler um mini livro chamado A bruxa e o caldeirão, de José Leon Machado e ilustrado por Alexandre Bandeira Rodrigues.

Resenha: Uma bruxa, num dia qualquer, estava cozinhando com seu caldeirão quando constata que ele fura. Isso nunca tinha acontecido antes! O que ela poderia fazer? Então, desconfiando que o comerciante havia vendido para ela um caldeirão de segunda mão, foi até onde havia comprado-o. Outro problema: ele havia morrido, agora seu neto que estava em seu lugar. E agora?

Minha nota: Quatro estrelas! O livro, apesar da resenha grande, é meio pequeno! Mas eu adorei, e o jeito como o autor narra a história, é magnífico. Como posso dizer…? É simples, nós nem conseguimos descobrir o nome da personagem principal, mas é lindo! E o modo sarcástico como o autor termina a história é fantástico-lá vou eu contando spoiler! hahah 🙂

Bom, aqui o link para download: http://www.dominiopublico.gov.br/download/texto/pv00001a.pdf (não tô afim de usar HTML). Para achar vários livros curtinhos e beem legais infantis nesse site, faz o seguinte:

  1. Sabe onde tá escrito Pesquisa Básica? Pois bem! Na opção Tipo de Mídia, escolha a opção Texto.
  2. Em categoria, escolha Literatura Infantil.
  3. Escolha o idioma Português.
  4. Por fim, é só clicar em Pesquisar e escolher que livro ler primeiro (porque tem vááários!) =)

P.S.: A Mariane, do Garota ETC (www.disneyprogramacao.blogspot.com) tá me ajudando a pegar de volta todos os posts do meu antigo blog excluído, olha lá: http://meuslivrosprediletosbianca.blogspot.com/ 🙂

1808-Versão Juvenil Ilustrada

Oi! Bom, eu terminei hoje o livro 1808-Versão Juvenil Ilustrada, do Laurentino Gomes, e ilustrado por Rita Bromberg Brugger. Aqui está a capa:

Resenha: Você já imaginou se todo o governo do seu país fugisse para outro país, porque o homem mais temido de todos os tempos estaria querendo uma guerra com ele? Pois é isso que acontece com Portugal, em 1808, quando D. João foge para o Brasil com toda a corte portuguesa, abandonando seu país, e ficando por 13 anos no Brasil, fugindo de Napoleão Bonaparte, o todo-poderoso da época.

Nota: Cinco estrelinhas!! Não tenho nada pra reclamar, livro perfeito e conta a história de 1808 direitinho!

Eu adorei o livro! Aliás, comprei na Livraria Cultura, que entregaram rapidamente (encomendei na internet), recomendo! Além do mais, tem uma infinidade de livros! Esse é o site: http://www.livrariacultura.com.br da Livraria Cultura! Aliás, pros mais velhos, existe também (aliás, o que inspirou a versão para jovens) o 1808, que meu pai leu, aliás! 🙂

Beijos! =)

 

Filme: O Discurso do Rei

Olá! Bom, hoje eu vi, depois da novela Insensato Coração, o filme O Discurso do Rei. Bom, não é a toa que ele ganhou 4 estatuetas do Oscar! Resolvi postar a minha opinião sobre o filme, porque já fiz sobre o filme RIO, irei postar amanhã! Lá vai:

Helena Bonham Carter também atuou em Harry Potter, por isso peguei um poster onde ela aparece :)

(só uma coisa: Helena Bonham Carter também fez Bellatrix Lestrange de Harry Potter, por isso peguei um poster com ela).

Sinopse: Desde os 4 anos, George (Colin Firth) é gago. Este é um sério problema para um integrante da realiza britânica, que frequentemente precisa fazer discursos. George procurou diversos médicos, mas nenhum deles trouxe resultados eficazes. Quando sua esposa, Elizabeth (Helena Bonham Carter), o leva até Lionel Logue (Geoffrey Rush), um terapeuta de fala de método pouco convencional, George está desesperançoso. Lionel se coloca de igual para igual com George e atua também como seu psicólogo, de forma a tornar-se seu amigo. Seus exercícios e métodos fazem com que George adquira autoconfiança para cumprir o maior de seus desafios: assumir a coroa, após a abdicação de seu irmão David (Guy Pearce).

Minha opinião: AMEI! Não é a toa que ganhou 4 estatuetas de Oscar. É, já disse isso. Enfim, o filme é ma-ra-vil-ho-so! Tem cenas engraçadas, tristes e simplesmente o Colin Firht é um ótimo ator. Simplesmente é lindo! É engraçado também porque o George só consegue falar sem gaguejar pensando palavrões. Por isso, quando ele vai fazer o discurso mais importante da sua vida (láá no final do filme-mas sem spoilers!), o Lionel começa a murmurar palavrões, e é bem engraçado! Além do mais, o George tem relutância em falar com terapeutas, porque pra ele, poderia se virar sozinho e resolver esse problema de gaguejar. RECOMENDO! E, se eu fosse dar nota (algo que irei fazer) eu daria..

Sim, rabiscos porque eu achei bonitinho. É isso!

Beijos! Aliás, na BlockBuster mais próxima dá para alugar esse filme! Foi assim que eu vi! (:

Resenha: BISA BIA, BISA BEL

Oiii! Bom, essa uma resenha que eu postei no Meus Livros Prediletos. É do livro Bisa Bia, Bisa Bel, da Ana Maria Machado e ilustrado por Mariana Newland. Aqui está a foto, a resenha e a minha nota para esse livro:

RESENHA: Isabel (Bel) estava mexendo nas coisas da sua mãe junto com a própria quando viu uma imagem de uma garota muito fofa e bonitinha.  Descobriu que aquela menininha era a sua bisavó Bia, e de tanto implorar para sua mãe, Bel conseguiu a foto dela emprestada para levar á escola. Porém, apesar de saber que a foto é uma raridade, Bel acaba perdendo-a. Mas bisa Bia continua colada a Bel, como uma tatuagem inexistente. E é com ela que Bel conversa toda tarde sobre as coisas antigas de sua época. Logo entra em cena a neta de Bel. Espera aí, como assim? Que confuso! Pra entender, leia BISA BIA, BISA BEL.

Nota: Três estrelas. Quando a Bel perde a imagem da sua bisavó, fica confuso de saber como é que a “bisa Bia” fica “colada nela”. Por isso, três estrelas.

 

Apesar de ser um pouco confuso, eu gostei bastante e recomendo!

Olá!

Olá! Eu sou a Bianca, tenho 9 anos, alguns devem me conhecer pelo meu blog no Blogger Meus Livros Prediletos também. Pois bem, o Google botou aquele negócio que menores de 13 anos não podem participar e EXCLUIU meu blog! Apesar da tristeza, e quando eu finalmente tinha aprendido a usar o Blogger, não vi outra opção. Cá estou, falando para o nada. Espero que aqui se torne tão famoso quanto o outro blog!